sexta-feira, 26 de junho de 2009

Paradoxos


Hoje eu a definiria com a música dos Paralamas do Sucesso:"De uma lado a fome total de outro esse Carnaval"...estamos recebendo novas pessoas para o trabalho,umas ávidas pelo trabalho outras nem tanto.No meio de tantas chegadas escuto ,uma das antigas dizer que :"EU NÃO GOSTO DE TRABALHAR COM IDOSO".Isso me feriu tanto.Que a parte boa é que vi a dimensão do amor pelo meu trabalho mas entristeceu mais com certeza.

Vejo centenas saindo da Faculdade desesperados por trabalho, por oportunidade, por chances e vejo colegas "não gostarem disso", "não quero trabalhar com isso", bem fico pensando se eu é que estou com uma visão passional de mais ou se minhas amigas limitadas demais.E se experimentar ou simplismente ousar fazer o melhor é tão impossivel assim?Minha alma sequiosa por desafios nunca me deixou falar :"Não, não, não vou fazer isso se é que você me entende, não que não seja boa pra isso mas não me interesso". Porque antes de dizer que não quero pelo menos tentar.

Mas no fim desejo que essas pessoas fiquem o mais longe possível do trabalho com o idoso e que elas no fim de suas vidas entendam como é bom poder envelhecer.

E que um dia elas possam cantar como o Barão:"Desejo não ter que parar tão cedo..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário