segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Deliciosa Família

"...É meu caro, lar é onde o bumbum descansa..." Quem assistiu ao Rei Leão I lembra perfeitamente da cena em que o Timão aconselhava Simba sobre seu novo lar e sua nova e atrapalhada família : ele e Pumba. E a vida é bem assim, temos vários lares e famílias que sempre nos causam alegria e dor, mas que principalmente, nos fazem sempre pessoas melhores.
E nessas construções e desconstruções, encontros e desencontros, aventuras e desventuras vamos nos formando enquanto pessoas.E por mais que seja complexo esse emaranhado de emoções, sempre são as boas que permanecem. Por isso ao invés de lutarmos contra um irmão, atrapalhado com sua vida, o melhor é curtimos suas conquistas às avessas.
A Duda minha menininha, hoje, até por que não sei se haverá outra em minha vida.Esperta como ela,vai ter que se desdobrar.Me saiu com essa no sábado:
-Tia Júlia e que dia é o dia da Tia?
-Uai Duda, não tem dia da Tia.
-Ah então eu vou criar o dia da Tia. A gente faz assim eu faço um jantar chamo todo mundo e compro um presente pra você.E CRIO o dia da Tia, da Tia Júlia!
Nem no meu sonho mais profundo, esperava naquele sábado a noite uma homenagem desse tamanho, dessa amplitude e que mexesse tanto comigo.Aquele "serzinho" de um metro e meio com só cinco anos me deixou sem chão.E me fez pensar muito sobre essa mágica chamada família.
Então, esse plural de gente que é a família é sim nossa maior realização da vida,é a nossa primeira célula e é nela sem dúvida que nossos esforços devem ser focados, nossas noites devem ser perdidas, os dias programados .Uma amiga sempre me dizia que trabalhamos para viver e não vivemos para trabalhar,nunca concordava, agora neste momento aprendi perfeitamente o que com essa máxima ela queria me dizer.
Fácil viver em família?Nem sempre é.
Isso é a maior verdade ,mas é sempre nesse cantinho nosso que somos reais com nossos defeitos e qualidades.Com tudo de muito bom e também de muito ruim que temos e é o único local que nunca conseguiremos vivenciar um teatro, podemos sim ser a mau humorada sem paciência e metida,ou a que toma a iniciativa, participativa, amorosa, preocupada, enfim sem máscaras e com muita vida.
Amigos e amigas vivam esse pedaço de suas vidas muito melhor do que todos os outros..
Deixo aqui o comercial da Sadia que para mim merece o prêmio da melhor propaganda de 2009...beijos.
OBS.: Esse foi mais um depoimento do que um texto.

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário